Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Saúde

Após 61 anos, idosa de Jaru volta a enxergar depois de transplante de córnea realizado no Hospital de Base


Equipe de Rondônia está preparada para realizar os transplantes - Gente de Opinião
Equipe de Rondônia está preparada para realizar os transplantes

“Quando chegou a notícia que iria receber o transplante, nem acreditei, mas fiquei extremamente feliz em saber que alguém, em algum lugar, tinha decidido doar algo que vai mudar a minha vida”. O relato é da aposentada Maria Helena, moradora de Jaru, que fez a cirurgia de transplante de córnea, realizada pela equipe médica do Governo de Rondônia, no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HBAP), em Porto Velho.

A paciente foi diagnosticada com leucoma no olho direito na infância, aos sete anos, após ter contraído sarampo. O trauma da doença ocasionou catarata. Com 68 anos, nunca perdeu a esperança de voltar a enxergar e a após 61 anos conseguiu um doador.

O transplante de córnea contou com a participação de uma médica, uma técnica de enfermagem e uma enfermeira, além da equipe do Banco de Olhos de Rondônia.

“A equipe de transplante de Rondônia está preparada para realizar os melhores transplantes com todo cuidado e um único objetivo, salvar vidas”, enfatizou o gestor da Secretaria de Estado da Saúde, Fernando Máximo.

Maria Helena logo após ter recebido alta do HBAP

O procedimento teve a duração de duas horas, onde foram realizados o transplante de córnea e cirurgia de catarata com implante de lente ocular. “Essa cirurgia foi gratificante, visto que a paciente tinha grande dificuldade em enxergar desde a infância, portanto participar desse transplante, desse momento único para ela, foi recompensador”, destacou a oftalmologista do Hospital de Base, Maria Ivanete.

A médica comentou ainda sobre a doação de órgãos, que “esse gesto pode melhorar e salvar muitas vidas”.
A aposentada, que não escondeu a felicidade estampada no rosto, disse que seu maior desejo depois que se recuperar da cirurgia, é realizar um culto com amigos para agradecer pelo presente que recebeu de Deus e também fazer uma grande oração para a família do doador.

CAPTAÇÃO DE CÓRNEAS

A captação de córneas é realizada pelo Banco de Olhos de Rondônia. A doação, originalmente, é de pessoas que foram a óbito recentemente, cuja disposição de doar já foi formalizada em vida ou então, por familiares, voluntariamente, logo após o óbito.

As córneas retiradas são submetidas a cuidadosos exames, sendo somente utilizados quando da constatação segura da inexistência de vírus da Aids, Hepatite, alterações e outros.

COMO SER DOADOR

Para ser doador no Brasil, a pessoa não precisa deixar nada escrito, em nenhum documento, basta informar à família sobre o desejo. O procedimento só ocorre depois da autorização familiar.
Um doador falecido pode doar, fígado, rins, córneas, pâncreas, intestino, veias, ossos e tendões, ou seja, uma única pessoa, pode salvar várias vidas.

Além disso, existe o doador voluntário que pode doar um dos rins, parte do fígado, medula óssea ou parte do pulmão, para pessoas de até quarto grau de parentesco e cônjuges.

Em Rondônia, os pacientes recebem assistência integral e gratuita, incluindo exames preparatórios, cirurgia, acompanhamento e medicamentos pós-transplante, financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais Sobre Saúde

Rondônia amplia leitos de covid-19 com reabertura do Hospital de Campanha na zona Leste de Porto Velho

Rondônia amplia leitos de covid-19 com reabertura do Hospital de Campanha na zona Leste de Porto Velho

O Hospital de Campanha da zona Leste de Porto Velho, antigo Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero), foi reativado  nesta quinta-feira (20). A medid

Governo já distribuiu aos municípios 100 mil comprimidos de combate ao surto de Influenza em Rondônia

Governo já distribuiu aos municípios 100 mil comprimidos de combate ao surto de Influenza em Rondônia

Importante medicação utilizada para amenizar os sintomas causados pela Influzenza, o Tamiflu, deve ser administrado preferencialmente após 48 horas

Projeto “Opera Rondônia” é lançado em Rolim de Moura; cerca de 360 cirurgias eletivas serão realizadas nesta primeira edição

Projeto “Opera Rondônia” é lançado em Rolim de Moura; cerca de 360 cirurgias eletivas serão realizadas nesta primeira edição

O projeto “Opera Rondônia” foi lançado oficialmente nesta quinta-feira (20), durante solenidade no Hospital Municipal Amélio João da Silva, em Rolim d

Mais de sete mil cirurgias serão realizadas através do projeto “Opera Rondônia”

Mais de sete mil cirurgias serão realizadas através do projeto “Opera Rondônia”

O projeto “Opera Rondônia” tem o objetivo de ofertar recursos voltados para atenção de média e alta complexidade no Estado. Desenvolvido pela Secretar