Porto Velho (RO) sábado, 27 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Vilhena - Semma adota TAC para facilitar resolução de conflitos ambientais, evitando multas

Termo de Ajustamento de Conduta visa diminuir a burocracia e busca a facilidade no acordo


Vilhena - Semma adota TAC para facilitar resolução de conflitos ambientais, evitando multas - Gente de Opinião

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) celebrou neste mês, o primeiro TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), que soluciona conflitos ambientais e traz menos burocracia nos órgãos públicos junto ao cidadão. A ação visa obter um acordo justo entre ambas as partes envolvidas, dando atenção especial à preservação do Meio Ambiente enquanto evita ações de autuação em boa parte dos casos.

 

Rafael Maziero, secretário municipal de Meio Ambiente, aponta o que levou a Semma a buscar este método. “O TAC é um mecanismo muito utilizado pelo Ministério Público, então buscamos fazer o mesmo. O termo traz uma celeridade na resolução dos conflitos, pois em vez de multarmos a pessoa, o que pode desembocar em uma disputa administrativa ou até jurídica longa, ajustamos as condutas para resolver os problemas com praticidade, facilitando e sendo menos burocrático. Firmamos nosso primeiro TAC ambiental recentemente e vamos adotar esta prática sempre que possível”, destaca o secretário.

 

COMO FUNCIONA - O TAC é um instrumento de caráter executivo extrajudicial, que busca, no caso da Semma, a recuperação do Meio Ambiente degradado ou condicionado a situações de risco às integridades ambientais, dando normativas, obrigações e informações técnicas estabelecidas pela Prefeitura. Para fazer valer o TAC, estas obrigações devem ser rigorosamente cumpridas pela pessoa ou responsável que gerou a atividade degradadora. Ações como estas servem como prevenção, também podendo minimizar, corrigir ou recompor as causas danosas ao meio ambiente.

 

Rafael reitera que o TAC está presente no Código Ambiental de Vilhena, porém, nunca havia sido colocado em prática. “Como sou advogado, reli todo o código e vimos que o TAC estava presente, porém, não havia sido executado anteriormente. Vamos utilizar este método, quando a pessoa estiver com alguma irregularidade ambiental, garantindo que se comprometa a seguir nossas exigências, dialogando mais e com menos burocracia”, aponta.

 

MAIS INFORMAÇÕES – Para detalhes sobre o termo ou denúncias, basta entrar em contato com a Semma através do WhatsApp institucional, 98471-2971.

Mais Sobre Meio Ambiente

Projeto Cidade Limpa mobiliza mutirão de limpeza em Candeias do Jamari

Projeto Cidade Limpa mobiliza mutirão de limpeza em Candeias do Jamari

Neste último sábado, dia 20/11, o município de Candeias do Jamari realizou mais uma ação do Cidade Limpa – projeto turístico baseado no princípio da

MP obtém inconstitucionalidade de lei que reduziu a Resex Jaci-Paraná e o Parque Estadual de Guajará-Mirim

MP obtém inconstitucionalidade de lei que reduziu a Resex Jaci-Paraná e o Parque Estadual de Guajará-Mirim

O Ministério Público de Rondônia obteve no Tribunal de Justiça a inconstitucionalidade da Lei Complementar Estadual nº 1.089/21, no trecho que alter

Turismo em Candeias promove atividade para melhorar o meio ambiente

Turismo em Candeias promove atividade para melhorar o meio ambiente

O sábado será o dia do Mutirão de limpeza em Candeias do Jamari, que pretende unir toda a cidade para ajudar a manter a cidade mais limpa a fim de i

Voluntários recolhem mais de uma tonelada de resíduos sólidos do rio Pacaás Novos em Guajará-Mirim

Voluntários recolhem mais de uma tonelada de resíduos sólidos do rio Pacaás Novos em Guajará-Mirim

Cerca de 1300 quilos de lixo foram recolhidos do rio Pacaás Novos, em Guajará-Mirim, durante a 3ª edição do Programa “Rios + Limpos”, do Ministério do