Porto Velho (RO) sábado, 27 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Dia da Árvore e o papel das empresas na responsabilidade ambiental

Apesar da escalada do desmatamento, algumas iniciativas visam a preservação do meio ambiente


Dia da Árvore e o papel das empresas na responsabilidade ambiental - Gente de Opinião

Elas são essenciais para todo o equilíbrio do Planeta Terra e atuam principalmente na qualidade de vida de todos. Pela fotossíntese, absorvem os raios solares e o gás carbônico durante o dia e liberam oxigênio e água. Com isso, regulam a temperatura sobre a umidade do ar e as chuvas e auxiliam na diminuição da poluição. Fora isso, produzem substâncias que serão base para medicamentos e chás. Além, frutas, flores, sementes, madeira, fibras, látex, resinas e pigmentos. Servem como fontes de alimento e moradia para várias espécies de animais. Apesar de todos esses benefícios, elas são cortadas e muitas condenadas à extinção. A árvore, que é lembrada em uma data comemorativa, em 21 de setembro, dia sempre perto da chegada da primavera no Brasil, está cada vez mais dependente de ações que visem sua preservação.

O Dia da Árvore foi criado no Brasil pelo presidente Castelo Branco, em 24 de fevereiro de 1965. Essa comemoração oficial teve lugar pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872, quando o político e jornalista Julius Sterling Morton decidiu plantar uma grande quantidade de árvores. A data ficou conhecido como “Day Arbor”, um marco ecológico da conscientização e preservação.

Cada região brasileira possui uma árvore típica como seu símbolo. No Norte, a castanheira; no Nordeste, a carnaúba; no Centro-Oeste, o ipê-amarelo; no Sudeste, o pau-brasil; e no Sul, o pinheiro-do-paraná ou araucária.

Apesar de tantos benefícios que elas proporcionam, a situação se agrava a cada dia. A Amazônia Legal, por exemplo, perdeu 10.476 km² de floresta entre agosto de 2020 e julho deste ano, período em que se mede a temporada do desmatamento. A taxa é 57% maior que a da temporada anterior e a pior dos últimos dez anos, alerta o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Além disso, existem também as queimadas, muitas delas criminosas. De acordo com o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, de janeiro até a segunda quinzena de setembro, o Pantanal registrou mais de 2,9 milhões de hectares atingidos pelo fogo, que também mata ou fere animais e destrói árvores. Esse número representa perto de 19% do bioma no País, segundo o Instituto SOS Pantanal. A área queimada corresponde a aproximadamente 19 vezes a capital de São Paulo.

Preocupação

Hoje, muitas empresas estão preocupadas e entraram na luta pela preservação do meio ambiente, focando em uma gestão responsável dos recursos naturais e não somente para a geração de riqueza e consumo. Dentro das metas, inclusive, influenciar o comportamento sustentável do consumidor, que já busca mais alternativas aos produtos tradicionais.

O meio ambiente pede uma atenção maior de políticas públicas que mirem à conservação de florestas. O processo de harmonização das atividades exploratórias ainda se desenvolve, mas existem algumas iniciativas que já chamam a atenção e geram resultados satisfatórios.

A fintech Uzzipay, que completa dois anos no dia 21 de setembro, Dia da Árvore, acredita que é possível preservar a natureza enquanto as pessoas preservam o dinheiro. É ter a consciência de que devemos retornar à sociedade e à natureza tudo o que ela nos proporciona de bom.

“É uma realidade cada vez mais latente, no futuro veremos muito mais instituições financeiras e de outros segmentos com engajamento social e sustentável. São sementes plantadas hoje que irão florescer em breve”, disse Isabelle Kwintner, diretora sênior de estratégia da UzziPay.

Amazônia

Com o slogan “Porque cuidar da Amazônia é da nossa conta”, a fintech financia uma área de reserva legal da Amazônia em Rondônia. Com a abertura da conta digital mais recursos serão destinados à reserva de preservação.

A área escolhida tem 700 hectares de floresta em uma reserva legal de manejo florestal em Porto Velho e o monitoramento do local é feito por solo, por drones ou voos tripulados sobre a região e por imagens de satélite.

iniciativas sustentáveis

A fintech apoia campanhas e iniciativas de preservação: promove palestras educativas de sensibilização e conscientização sobre a importância das espécies nativas da flora Amazônica e sua preservação. Campanhas contra queimadas na região da Amazônia. Além de promover ações de doações de mudas originárias da Amazônia; 

E para comemorar a data e o seu aniversário, a Uzzipay participa de dois eventos. No domingo, dia 19, a fintech estará no Projeto Rio Limpo, que é feito em parceria com a Associação dos Pescadores Amadores de Rondônia. Em mais uma edição cerca de 50 pessoas se reúnem em 15 barcos para promover uma limpeza coletiva às margens dos rios Preto e Candeias. A expectativa dos organizadores é de que mais de uma tonelada de lixo, em uma extensão de dez quilômetros, seja recolhida neste ano.

Relação Árvore-Rio

A relação entre as árvores e a água potável é muito forte. Uma das preocupações para evitar a escassez do líquido é a manutenção da vegetação nativa nas nascentes e margens dos rios. As bacias florestais e as zonas úmidas florestais fornecem 75% da água doce acessível do mundo. Um estudo publicado pela Fundação SOS Mata Atlântica mostrou que 76,5% dos mais de cinco quilômetros de rios que formam o Sistema Cantareira estavam sem cobertura vegetal. A ONG afirmou ainda que ao longo do Rio Tietê, a qualidade da água fica melhor nos locais com maior cobertura vegetal. Foi verificado também que nos únicos 30 pontos avaliados com boa qualidade da água na bacia hidrográfica do Tietê, a cobertura vegetal chegava, em média, a mais de 40% do território do município ou do entorno.

Quando a água da chuva cai sobre uma mata, ela percorre dois caminhos. Ou retorna para a atmosfera por evapotranspiração ou atinge o solo, por meio da folhagem ou do tronco das árvores. Uma parte pode seguir para cursos d’água ou reservatórios de superfície, alimentando assim as nascentes. Já quando ocorre o corte de árvores perto delas, não há recarga de água.

E neste domingo, 19/09, aconteceu mais uma edição do Projeto Rio Limpo, idealizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM) em parceria com a Associação dos Pescadores Amadores de Rondônia (Sopescar). O projeto contou com cerca de 50 voluntários que se reuniram em barcos para promover a limpeza do Rio Candeias, de Rondônia, e neste ano foi atingida a meta de 01 tonelada de resíduos retirados do rio. 

Segundo a Sopescar, os lixos encontrados nos rios são os mais prejudiciais ao meio ambiente, como pneus velhos e eletrodomésticos. Esses lixos demoram mais de 200 anos para se decompor e também geram resíduos químicos prejudiciais ao rio e ao bioma local. 

A Uzzipay que é uma spin-off do Grupo Rovema, promoverá também o plantio de mudas em parceria com outra empresa do grupo, a Sustennutri, onde as árvores vão receber placas com o nome de alguns colaboradores.

As principais funções das árvores são:

1) Contribuir para a biodiversidade;

2) Reduzir a poluição do ar;

3) Extração de flores e frutos que servem para alimentação, produção de remédios, entre outras atividades;

4) Em grandes centros, reduzem a temperatura e fornecem sombras;

5) Oferecer abrigo para outras espécies, como animais e fungos;

6 Contribuir para a beleza paisagística;

7 Melhorar a umidade do ar;

8) Evitar a erosão do solo

Sobre a UzziPay

UzziPay traz o que toda fintech oferece, mas com uma diferença: além das mais modernas funcionalidades de uma conta de pagamentos e carteira digital, como pagamentos com QR Code, acredita que é possível preservar a natureza enquanto os clientes preservam seu patrimônio.

Propõe um movimento inovador de preservação colaborativa em direção a um futuro responsável e sustentável para o dinheiro e para o Mundo. Convida as pessoas a fazerem parte do negócio abrindo suas contas e com isso, quanto mais clientes a conta UzziPay conquistar, mais árvores serão preservadas. Porque oferecer cada vez mais vantagens e facilidades é o que todos buscam. Diferente é ter a consciência de que devemos retornar à sociedade (e neste caso, também à natureza) tudo o que ela nos proporciona de bom.

UzziPay quer crescer e prosperar, e deseja que todos também cresçam e que a Amazônia também prospere.

Mais Sobre Meio Ambiente

Projeto Cidade Limpa mobiliza mutirão de limpeza em Candeias do Jamari

Projeto Cidade Limpa mobiliza mutirão de limpeza em Candeias do Jamari

Neste último sábado, dia 20/11, o município de Candeias do Jamari realizou mais uma ação do Cidade Limpa – projeto turístico baseado no princípio da

MP obtém inconstitucionalidade de lei que reduziu a Resex Jaci-Paraná e o Parque Estadual de Guajará-Mirim

MP obtém inconstitucionalidade de lei que reduziu a Resex Jaci-Paraná e o Parque Estadual de Guajará-Mirim

O Ministério Público de Rondônia obteve no Tribunal de Justiça a inconstitucionalidade da Lei Complementar Estadual nº 1.089/21, no trecho que alter

Turismo em Candeias promove atividade para melhorar o meio ambiente

Turismo em Candeias promove atividade para melhorar o meio ambiente

O sábado será o dia do Mutirão de limpeza em Candeias do Jamari, que pretende unir toda a cidade para ajudar a manter a cidade mais limpa a fim de i

Voluntários recolhem mais de uma tonelada de resíduos sólidos do rio Pacaás Novos em Guajará-Mirim

Voluntários recolhem mais de uma tonelada de resíduos sólidos do rio Pacaás Novos em Guajará-Mirim

Cerca de 1300 quilos de lixo foram recolhidos do rio Pacaás Novos, em Guajará-Mirim, durante a 3ª edição do Programa “Rios + Limpos”, do Ministério do