Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Economia

Programa “Cidadania Empresarial” é lançado pelo Governo para estimular pequenas empresas a saírem da informalidade


Programa Cidadania Empresarial lançado pela Sefin vai estimular pequenas empresas a saírem da informalidade. - Gente de Opinião
Programa Cidadania Empresarial lançado pela Sefin vai estimular pequenas empresas a saírem da informalidade.

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Finanças do Estado (Sefin), lançou nesta quarta-feira (8) o programa “Cidadania Empresarial” que tem o objetivo de fomentar e organizar os esforços para o avanço da formalização de empresas no estado de Rondônia. O lançamento ocorreu no auditório Rosilda Shockness, no Palácio Rio Madeira em Porto Velho.

De acordo com o secretário da Sefin, Luís Fernando Pereira da Silva, com o programa “Cidadania Empresarial”, o governo do Estado espera “aproximar as instituições públicas no sentido de fomentar a cultura empreendedora através da regularidade nos negócios. Somente com a educação fiscal, a empresa se habilita para crescer. Queremos reduzir custos e a burocracia para a formalização dessas pequenas empresas capacitando os empreendedores, auxiliando nesse processo de transição entre a informalidade e a formalidade”, salientou o secretário.

A meta da Sefin é aumentar em 20% a abertura de empresas em Rondônia

Ainda segundo o secretário, Rondônia registra um alto número de atividades informais, representando 68,3% de todas as empresas na economia. De acordo com estudos, atualmente em Rondônia, 42 mil pessoas físicas adquirem mercadorias em seu CPF, com valor médio de R$ 40 mil por mês. “Entre as ações do novo programa estão atendimentos, capacitações de equipes, realização de eventos on-line, atendimentos e visitas educativas para demonstrar a esses empreendedores informais que é vantajoso se regularizarem”, enfatizou o secretário.

Por meio do programa, uma Central Móvel será criada e equipes vão percorrer os municípios do estado com ações para sanar dúvidas e dar suporte técnico às empresas que pretendem se regularizar. A meta da Sefin é “aumentar em 20% a abertura de empresas em Rondônia em comparação com o ano passado, que representa uma média de 4.200 empresas formalizadas, reduzindo a informalidade e trazendo maiores benefícios para esses empresários e o crescimento econômico do Estado, que a base do bem-estar que todos buscamos”, detalha o gestor da pasta.

PARCEIROS

A Sefin conta com o apoio de parceiros importantes como a Junta Comercial do Estado (Jucer), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Secretaria de Estado do desenvolvimento Ambiental (Sedam), Conselho Regional de Contabilidade de Rondônia (CRC/RO), além das secretarias de fazendas dos municípios.

O Programa Cidadania Empresarial conta com apoio de parceiros importantes

O presidente da Jucer José Alberto Anísio, ressaltou durante a apresentação do programa que esse estímulo é benéfico para todos os empreendedores e que a Jucer já vem trabalhando, a pedido do governador Marcos Rocha, na redução de custos para abertura e registro de empresas. “Esse programa ‘Cidadania Empresarial’ só vem fortalecer esse trabalho e a Jucer é parceira, presente em todos os municípios do Estado, facilitando a vida daquele que quer empreender”, disse o presidente.

O diretor técnico do Sebrae, Samuel Almeida, elogiou a iniciativa com o lançamento do programa. De acordo com ele, “o crescimento da economia rondoniense é resultado de um grande esforço do Governo do Estado, que exige um trabalho integrado e que o Sebrae é parceiro fortalecendo os pequenos empresários. Com esse ambiente favorável, com uma legislação que acompanha a transformação e ações como essa, Rondônia só tem a crescer e prosperar”, frisou ao descrever a importância do programa “Cidadania Empresarial”.

O secretário municipal de fazenda (Semfaz) de Porto Velho, João Altair, também parabenizou a iniciativa do Governo de Rondônia. “Quando esse programa traz cidadania, todos ganham. O combate à informalidade traz mais equilíbrio para os negócios para aqueles que estão em situação regular, que estão em desvantagem para os que estão na informalidade”, garantiu o secretário municipal.

CONCEITO

Cidadania empresarial é o conjunto de princípios e sistemas de gestão destinados à criação ou preservação de valor para a sociedade, pode ser englobada no conceito mais amplo de governança – o qual inclui o conceito de governança corporativa, mas não se restringe a ele.

Mais Sobre Economia

Imóvel para Investir? 5 fatos que comprovam que é um bom negócio

Imóvel para Investir? 5 fatos que comprovam que é um bom negócio

O conhecimento sobre investimentos está cada vez mais sendo colocado em prática pelos brasileiros. Mas já pensou em escolher um imóvel para investir

Nova avaliação do Tesouro Nacional mantém Rondônia com nota “A” em capacidade de pagamento; Estado é atrativo para novos negócios

Nova avaliação do Tesouro Nacional mantém Rondônia com nota “A” em capacidade de pagamento; Estado é atrativo para novos negócios

Pelo segundo ano consecutivo, Rondônia conquista a melhor nota referente a Capacidade de Pagamento (Capag). A avaliação é da Secretaria do Tesouro Nac

Empresários do Distrito Industrial de Porto Velho aplaudem a parceria proposta pelo órgão

Empresários do Distrito Industrial de Porto Velho aplaudem a parceria proposta pelo órgão

Dirigentes da Associação do Polo Empresarial de Porto Velho – APEP, saíram satisfeitos da audiência do o Coordenador Regional da Suframa Jorge Otavi

Sebrae lança edital para seleção de agentes de negócios

Sebrae lança edital para seleção de agentes de negócios

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae) acaba de publicar, nesta sexta-feira (17), um edital de seleção para agente