Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Piscicultura

Governo de Rondônia fomenta economia sustentável com lançamento do II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia


Produção de peixes em Rondônia alcança cerca de 15 mil hectares de lâmina d’água, sendo que 80% da produção corresponde a espécie tambaqui - Gente de Opinião
Produção de peixes em Rondônia alcança cerca de 15 mil hectares de lâmina d’água, sendo que 80% da produção corresponde a espécie tambaqui

Tambaqui combina com Rondônia, mas também com o Brasil inteiro. Bandas saborosas do peixe rico em proteína alcançarão a mesa dos cidadãos do Norte ao Sul no dia 19 deste mês. O II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia foi anunciado pelo Governo de Rondônia, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (6), no Palácio Rio Madeira. O objetivo é incentivar o consumo do tambaqui em nível nacional, e desta maneira fomentar a economia rondoniense.

Com maior abrangência e ainda mais ousado, o festival que teve sua 1ª edição nacional em 2019 com a distribuição de bandas de tambaqui assadas, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, volta ao cenário nacional este ano levando Rondônia a destacar-se pelo feito de conseguir movimentar o Brasil em torno de uma cadeia produtiva. O evento será realizado de maneira simultânea e inédita em Porto Velho, 32 municípios do interior, nas outras 25 capitais brasileiras e no Distrito Federal.

Em coletiva de imprensa, Governo de Rondônia e parceiros  explicam mobilização para o II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia

O investimento do Poder Executivo na organização do festival supera os R$ 500 mil, recurso proveniente do Fundo de Investimento e Desenvolvimento Industrial do Estado (Fider). Em mensagem para os rondonienses e para todo o Brasil, o governador de Rondônia Marcos Rocha, destacou a expectativa de levar o festival para todas as capitais do Brasil e dar a oportunidade de saborearem o melhor tambaqui assado do país.

TICKETS À VENDA

Para Marcos Rocha, o festival será um grande impulsionador de negócios para Rondônia que é o maior produtor de peixe nativo da região Norte e o terceiro do país. Segundo o gestor da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Evandro Padovani, responsável pela execução do festival, serão 35 mil bandas do peixe assadas; dessas, cerca de 18 mil em Rondônia. Cada uma custará R$ 20 e serão distribuídas em caixinhas padronizadas de papelão.

Os tickets para aquisição das bandas já estão disponíveis para a compra na sede da Seagri no Palácio Rio Madeira (PRM), e também nos escritórios da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) nos municípios.

Cada banda custará R$ 20 e os tickets já estão disponíveis

No dia 19, um domingo, haverá exclusivamente a retirada dos produtos na modalidade drive-thru. Em Porto Velho, a retirada será no estacionamento do palácio, a partir das 10 horas, e envolverá mais de 50 pessoas para assar cerca de 4 mil bandas de tambaqui.

De acordo com a Seagri, o recurso arrecadado no festival será destinado a entidades filantrópicas. Em Porto Velho, o valor será doado ao Hospital Santa Marcelina. A diretora-geral da Unidade de Saúde, irmã Lina Ambiel, agradeceu o gesto de solidariedade. ‘‘Parabenizo a iniciativa de realizarem esse evento e peço a Deus que tenham excelentes resultados, pois além de tudo é uma ação solidária. Essa ajuda está vindo em boa hora e será aplicada em nossos programas de promoção da Saúde’’, explica a diretora.

PRODUÇÃO DE TAMBAQUI

De acordo com o secretário da Seagri, a produção de peixes em Rondônia alcança cerca de 15 mil hectares de lâmina d’água, sendo que 80% da produção corresponde a espécie tambaqui. Pontuou ainda que são mais de 4,3 mil propriedades licenciadas no Estado, e juntas produzem aproximadamente 75 mil toneladas. A produção é considerada reflexo das políticas públicas aplicadas no setor e das ações integradas com parceiros. ‘‘O Governo atual tem apoiado o setor produtivo, e temos a orientação de potencializar todas as cadeias produtivas do Estado, e para isso trabalhamos em conjunto com instituições, e toda a sociedade, e essa união de esforços é que tem feito Rondônia vencer os desafios e demonstrar a qualidade dos nossos produtos’’.

A expectativa de avanços para o setor é grande. ‘‘No festival de 2019 em Brasília, conseguimos um aumento na procura por pescado de 300% a mais. Tenho certeza que teremos também bons resultados com este grande evento que está sendo preparado em nível nacional tanto nos estados, quanto para o mercado internacional’’, considera Padovani.

PARCERIAS

O festival está sendo executado pela Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência e Extensão Rural (Emater-RO), Superintendência Estadual de Desenvolvimento e Infraestrutura (Sedi), em parceria com a Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (Acripar), o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Lions Clube, Zaltana Pescados, Agrofish, Pescados Do Vale, Nova Aurora e WS Pescados da Amazônia.

Os peixes que seguem para as capitais do país são processados pela Zaltana; os de Rondônia será pela Rondofish, e em Ariquemes serão processados pela empresa Pescado Do Vale.

O diretor-presidente da Emater, Luciano Brandão, pontuou que os técnicos da instituição estão mobilizando a realização do festival em 32 municípios. ‘‘Existe uma parceria enorme para que esse festival aconteça, que envolve prefeituras, câmaras de vereadores, empresários, imprensa; todos envolvidos nesse movimento que já é o maior do Brasil em divulgação do tambaqui. Isso é muito importante para levar essa preciosidade da Amazônia para o Brasil e para o mundo, fazendo com que a cadeia produtiva do pescado cresça cada vez mais’’.

Divulgação do tambaqui em nível nacional é considerado um feito inédito no Brasil

Para o diretor executivo da Sedi, Avenilson Trindade, o festival é um projeto ousado e deve fortalecer a cadeia produtiva. ‘‘Temos melhorado nossos indicadores de produção, tecnologia e qualidade. Em anos anteriores, não encontrávamos o tambaqui nem no cardápio de restaurantes dentro do Estado, e hoje é comum, e agora buscamos ampliar isso para o Brasil. E o resultado vai impactar no desenvolvimento econômico, com alcance de mais mercado e geração de mais empregos, e alcançarmos o mercado externo, pois hoje a nossa exportação está concentrada em carne e soja, mas há espaço para muitos outros seguimentos’’.

Para o diretor técnico do Sebrae em Rondônia, Samuel de Almeida, o festival vai promover o desenvolvimento de forma sustentável aproveitando o potencial em piscicultura que existe no Estado. ‘‘Irá estimular a larga escala de produção beneficiando os nossos produtores, aumentando cada vez a oportunidade de trabalho e renda, e impactando indicadores econômicos’’.

O presidente da Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (Acripar), Francisco Hidalgo Farina, pontuou que Rondônia está fazendo algo singular no Brasil. ‘‘Promover a cadeia do pescado em nível nacional é um trabalho maravilhoso, pois desta forma colocamos o nosso tambaqui no mercado, e Rondônia em evidência, criando uma fronteira de desenvolvimento, não só na cadeia produtiva do peixe, mas em muitas outras produções. Parabenizo o Governo do Estado pela condução dessa iniciativa, o que permite que Rondônia esteja em crescimento constante”, finaliza.


Mais Sobre Piscicultura

Sebrae comemora com piscicultores a abrangência do II Festival do Tambaqui

Sebrae comemora com piscicultores a abrangência do II Festival do Tambaqui

A realização do II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia foi um grande sucesso. Todos as Unidades da Federação puderam saborear esse nutritivo p

Trabalho em equipe e preparo do peixe assado marcam sucesso do “II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia”

Trabalho em equipe e preparo do peixe assado marcam sucesso do “II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia”

Ao longo deste domingo (19), diversos colaboradores entre servidores públicos e voluntários do Governo de Rondônia, se mobilizaram para a realização d

Festival Nacional do Tambaqui recebe elogios; Governo de Rondônia promove evento dentro e fora do Estado

Festival Nacional do Tambaqui recebe elogios; Governo de Rondônia promove evento dentro e fora do Estado

Superando todas as expectativas, a 2ª edição do “Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia”, que aconteceu neste domingo (19), foi um sucesso entre os