Porto Velho (RO) sábado, 16 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Segurança

Conheça os principais riscos na segurança online e saiba como se prevenir


Segurança online é um fator muito delicado e que deve ser levado em conta em cada movimento online que você faz – Fonte: Unsplash - Gente de Opinião
Segurança online é um fator muito delicado e que deve ser levado em conta em cada movimento online que você faz – Fonte: Unsplash

Quando a internet passou a se popularizar, há cerca de 25 anos, logo surgiu uma preocupação que, em plena era da informatização e avanços imparáveis, continua pertinente: como se manter seguro online?

O medo, naturalmente, é legítimo; não apenas filmes e séries mostram, desde sempre, os temidos hackers invadindo e roubando dados e dinheiros dos computadores (e, mais tarde, celulares) das vítimas, como a realidade não cansa de oferecer tristes exemplos desse tipo de coisa acontecendo.

Os mais velhos mantêm até hoje um certo receio de fazer compras online, justamente por saberem que terão que inserir dados de cartão de créditos num site, que não há um vendedor olhando nos seus olhos e que o produto só será entregue em vários dias ou semanas.

Embora, de fato, o mercado eletrônico tenha se fortalecido, bem como o pensamento alerta dos usuários e os sistemas de defesa e segurança de PCs e redes, os cyber-criminosos também elevaram os padrões, e não é difícil ver até mesmo sites e contas consideradas bem seguras sofrendo ataques devastadores.

Mas como identificar ameaças e, mais importante, como se prevenir diante delas, enquanto usuário comum da internet? Algo que merece ser avaliado por qualquer um, sem dúvidas.

 

Identificando ameaças

À primeira vista pode não ser fácil discernir um e-mail de promoção com uma armadilha de phishing. O objetivo do criminoso é justamente esse.

Da mesma forma que impostores tentam enganar vítimas por telefone se passando por parentes e amigos em dificuldade (e exigindo dinheiro, óbvio), e-mails falsos que pretendem fisgar informações sensíveis farão de tudo para se parecer com uma mensagem legítima.

Links suspeitos, promessas boas demais para serem verdades e mensagens estranhas prometendo algo ou solicitando informações que deveriam ser confidenciais são um ótimo exemplo do que tomar cuidado.

Mais importante que isso, é importante se lembrar que nem sempre os ataques são feitos diretamente aos usuários, mas sim aos sites aos quais eles confiaram suas informações, dados e dinheiro.

É possível hackear cassinos ou até bancos?

Quanto mais valioso o site em termos de movimentação interna e externa, mais a chance de ele se tornar um alvo para hackers. Claro que elas tendem a investir pesado em segurança, mas não faltam exemplos de invasões hackers bem-sucedidas: JPMorgan Chase (instituição bancária), DropBox (serviço de armazenamento de dados na nuvem), NetShoes (varejo de calçados online), entre outras.

Sites de movimentação financeira costumam ser alvos frequentes, e nem sempre são apenas bancos; sites de cassino, por exemplo, costumam ser alvos frequentes, e por isso os melhores, como o Melbet Cassino trabalham com protocolo SSL no seu endereço, de modo a criptografar seus dados, e investem pesado em defesas digitais para seus recursos e as contas dos seus clientes.

A necessidade de cassinos online de proteger dados é algo evidente: não só é preciso ter um sistema de saque, depósito e cuidado com o dinheiro, mas também há dados pessoais de cada cliente, como nome, email e CPF.

Clientes, aliás, embora nem sempre sejam o alvo direto dos criminosos, costumam ser o objetivo principal de maneira indireta; nos casos de JPMorgan Chase, DropBox e NetShoes citados acima, o vazamento de dados não foi da empresa em si, mas de seus milhões de clientes. E o número de ataques só cresceu nos últimos meses, aproveitando brechas de empresas de todo tipo, inclusive de pequenas empresas sem tantos recursos para investir em estruturas de segurança digital.

Prevenções simples para não ter problemas

Assim como acontece, digamos, no trânsito, a melhor ferramenta para se proteger de ataques na web é a prevenção. A primeira delas é, claro, manter um antivírus ativo sempre que for se conectar à internet. Pode ser uma boa ideia considerar uma opção mais avançada (leia-se paga), mas mesmo o software grátis pode ser uma boa primeira linha de defesa.

Tão importante quanto isso é saber utilizar as defesas com sabedoria. Sites de compras, redes sociais, cassinos, bancos e etc. não têm senhas à toa; elas servem para proteger diretamente os dados (e muitas vezes o dinheiro) dos clientes.

Cabe a estes, portanto, caprichar nessa palavra-passe. Lembre-se, como dissemos, que hackers têm programas que tentam adivinhar senhas, e é essencial não facilitar esse trabalho sujo. Outros recursos úteis incluem VPNs (novamente, uma paga costuma ter vantagens sobre as gratuitas).

No final das contas, porém, o principal recurso defensivo do usuário comum é ele mesmo e a sua cautela. Saber onde se clica, quais sites acessar, onde inserir os dados do cartão e determinar senhas seguras e validação em duas fases, entre outros, são recursos que podem e vão fazer a diferença entre uma conta segura e uma invadida. 

Mais Sobre Segurança

Mil Dias de Gestão: Governo de Rondônia investe em equipamentos e ações que fortaleceram a segurança pública

Mil Dias de Gestão: Governo de Rondônia investe em equipamentos e ações que fortaleceram a segurança pública

A segurança pública tem sido uma das prioridades do Governo de Rondônia nesses mil dias de gestão, completados no final de setembro. Por meio da Secre

Governo de Rondônia entrega mais de R$ 1 milhão em armamento para o sistema penitenciário estadual

Governo de Rondônia entrega mais de R$ 1 milhão em armamento para o sistema penitenciário estadual

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), entregou mais de R$ 1 milhão em armamento para o sistema penitenciário do

Governo de Rondônia moderniza estrutura da Segurança Pública com inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle

Governo de Rondônia moderniza estrutura da Segurança Pública com inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesdec), realizou nesta quarta-feira (29), a inauguração do novo Centro

NOTA À POPULAÇÃO - SESDEC/RO

NOTA À POPULAÇÃO - SESDEC/RO

O Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC/RO), vem informar à população do município de Porto Velho, que os telefones 190 e 193