Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Medicina

Terapia para todos: ida ao psicólogo é fundamental em qualquer período da vida, segundo especialista

Nesta terça-feira, 27 de agosto, é comemorado o Dia do Psicólogo, profissional responsável por estudar e orientar o comportamento humano, lidando com os sentimentos, traumas e crises


Andréa Chaves - Gente de Opinião
Andréa Chaves

A saúde mental tornou-se uma preocupação visível e comum no mundo. A depressão, por exemplo, afeta 300 milhões de pessoas em todo mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), índice que cresceu 18% em dez anos. Ainda segundo a Organização, o Brasil é o país com o maior número de casos em toda a América Latina, com um total de 11,5 milhões de depressivos, ou seja, 6% dos brasileiros.

E não para por aí. Uma pesquisa, divulgada no mês passado pela Vittude, plataforma online voltada para saúde mental, revelou que 86% dos brasileiros sofrem com algum transtorno mental, como a depressão ou a ansiedade. De acordo com o estudo, 37% das pessoas estão com estresse extremamente severo e 59% em estado severo de depressão. As taxas da ansiedade são ainda maiores. Conforme o levantamento, a doença atinge 63% da população.

A psicóloga especialista em saúde mental Andréa Chaves destaca que a rotina intensa do dia a dia pode ocasionar danos em algumas áreas da vida. Por isso, para ela, uma das soluções apontadas é a terapia, que é um auxílio para todos, não apenas para quem está em crise. "Este é um momento de pausa para avaliar como está a saúde mental do paciente e o que pode ser feito em determinados momentos", afirma.

Conforme a especialista, a terapia é aconselhável em qualquer momento da vida, mas principalmente em tempos de mudanças de ciclos e fases. "Ela pode amenizar a dor e fazer com que o paciente tenha mais estratégias para passar por etapas dolorosas da vida", comenta.

Andréa explica ainda que durante anos fazer terapia era considerado coisa de gente "louca" ou "fraca", o que trouxe uma barreira para alguns processos terapêuticos. "Temos que ter em mente que a ida ao consultório é uma forma de treinarmos novos repertórios comportamentais, inclusive, para sermos nós mesmos, independente do que a sociedade nos impõe", finaliza.


História
No dia 27 de agosto de 1962, João Goulart, que era o Presidente da República na época, sancionou a Lei 4.119, que finalmente tornava a psicologia, de direito, uma profissão. Isso só aconteceu graças a mobilização e determinação de diversos profissionais da área na época, que lutaram para que isso se tornasse realidade.

Mais Sobre Medicina

Cremero lança calendário com homenagens para o mês do Médico

Cremero lança calendário com homenagens para o mês do Médico

O Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) tem a grata satisfação de apresentar a campanha que está será realizada no mês de Outubro, quand

Fiscalização do Cremero confirma prática ilegal da medicina em Machadinho do Oeste

Fiscalização do Cremero confirma prática ilegal da medicina em Machadinho do Oeste

Na tarde desta quinta-feira (27), o departamento de Fiscalização do Cremero de Porto Velho esteve na cidade de Machadinho do Oeste para apurar uma den

Cremero é responsável por expedição de CRM e Registro da Qualificação da Especialidade (RQE)

Cremero é responsável por expedição de CRM e Registro da Qualificação da Especialidade (RQE)

Na segunda semana da série sobre o Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero), seus departamentos e atribuições a serviço da sociedade e clas

Reflexões Cirúrgicas (2)

Reflexões Cirúrgicas (2)

O cirurgião deve ser irremediavelmente apaixonado pela vida. Todo cirurgião deveria praticar seu ofício até o fim da vida, desde que se julgue apto p