Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Artigo

ALE-RO: um caso perdido


ALE-RO: um caso perdido - Gente de Opinião

É inegável o amadurecimento de algumas instituições rondonienses ao longo do tempo. Exemplo disso cito o Tribunal de Justiça, o Ministério Público Estadual, o Tribunal de Contas, as policias Civil e Militar, dentre outras. E a Assembleia Legislativa de Rondônia, perguntar-me-ia o leitor ou a leitora? A meu ver, a ALE-RO, com as exceções de praxe, é um caso perdido, pois quando se imagina que ela vai entrar nos trilhos e voltar a merecer o respeito dos cidadãos, vem à decepção.

 

Ainda está na memória, se não de todos, mas, com certeza, na da maioria da população, o episódio envolvendo um deputado que se teria recorrido à verba indenizatória para retocar a fisionomia, recolocando a ALE-RO numa situação desconfortável perante a sociedade, já um tanto quanto incrédula na disposição de boa parte dos que tem assento naquela casa em levar a sério a função que ocupa – diga-se de passagem -, uma nobre função, especialmente por se tratar de uma conquista obtida pelo voto.

 

Infelizmente, a maioria dos nobres deputados ainda não se deu conta de que comportamento dessa natureza nada agrega de valor à democracia. Será que é tão difícil assim aprender com os próprios erros. Um simples olhar para trás já seria suficiente para revelar a maneira com administradores da coisa pública e políticos são capazes de agir em função de seus interesses e devaneios e dos privilégios de grupos aos quais estão vinculados.

Mais Sobre Artigo

O inconformismo dos que foram massacrados nas urnas

O inconformismo dos que foram massacrados nas urnas

Cansados da roubalheira que se instalara no país, cinquenta e sete milhões de brasileiros foram às urnas e escolheram Jair Bolsonaro para presidente

Sem reforma administrativa, Porto Velho dificilmente sai da lama

Sem reforma administrativa, Porto Velho dificilmente sai da lama

Muitas promessas haverão de ser apresentadas pelos que lançarem seus nomes na disputa da prefeitura de Porto Velho. É fácil para um candidato identi

Saúde é coisa séria

Saúde é coisa séria

Foi preciso que uma desgraça se abatesse sobre a população mundial para que dirigentes públicos e autoridades da área da saúde, principalmente no Es

A encruzilhada social de nossos dias

A encruzilhada social de nossos dias

Este é, sem dúvida, um momento muito difícil para Porto Velho, Rondônia e o País. Em razão da pandemia do Covid-19, de uma forma geral, se adotou, p