Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Presidente chinês, Xi Jinping, diz que está disposto a trabalhar com Bolsonaro


Presidente chinês, Xi Jinping, diz que está disposto a trabalhar com Bolsonaro - Gente de Opinião

O presidente da China, Xi Jinping, enviou uma carta ao presidente Jair Bolsonaro afirmando que está disposto a trabalhar com o novo governo brasileiro para desenvolver a economia dos dois países, salvaguardar a paz mundial e realizar uma cooperação bilateral "pragmática". Também desejou felicidades no governo.

A carta do presidente chinês é enviada num momento em que o governo dos Estados Unidos está em plena ofensiva para atrair o Brasil a sua esfera de influência. Jair Bolsonaro e o novo chanceler brasileiro deram demonstrações de que estão dispostos a subordinar os interesses nacionais à superpotência do Norte, mas a força da China e o peso das relações econômicas entre este país e o Brasil pode neutralizar essa tendência.

Na carta a Bolsonaro, o presidente chinês disse que desde o estabelecimento das relações entre China e Brasil, há 44 anos, os "laços entre os dois países resistiram dos cenários internacionais e se desenvolveram de maneira integral e profunda'.

Segundo o presidente chinês, a base dessas boas relações é o princípio de respeito mútuo. Xi Jinping disse ter apreciado a declaração feita por Jair Bolsonaro, logo após ganhar as eleições, que a China é um grande sócio de cooperação com o Brasil.

O presidente chinês afirmou ainda que está disposto a realizar esforços conjuntos com o presidente Bolsonaro para respeitar os interesses centrais de cada país e desenvolver uma perspectiva estratégica a longo prazo.

A carta foi entregue na quarta-feira (2) em mãos a Bolsonaro pelo enviado especial do presidente chinês Ji Bingxuan, segundo informou a Embaixada da China, em Brasília, nesta quinta-feira (3). Ji Bingxuan é vice-presidente do Comitê da Assembleia Popular Nacional e participou da cerimônia de posse do presidente da República há dois dias.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram