Porto Velho (RO) sábado, 25 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales promete fazer novas nacionalizações


Agência O Globo LA PAZ - Seis meses após a ter assumido o governo, o presidente da Bolívia, Evo Morales,prometeu fazer novas nacionalizações, como a do setor de petróleo e gás. Ele participou de vários atos em sua cidade natal, Orinoca, a 300 quilômetros de La Paz, em uma das zonas mais pobres do país. Seguindo os costumes incas, foram sacrificadas duas lhamas e duas ovelhas em honra da deusa Pachamama. Morales divulgou o Manifesto de Orinoca, lido pelo ministro da Presidência, Juan Ramón Quintana. O texto afirma que o governo continuará "recuperando todos os recursos naturais para industrializá-los em benefício dos bolivianos". Morales também conclamou a "romper a dependência dos centros imperiais que nos condenaram a sermos fornecedores de matérias-primas". O manifesto afirma ainda que, nesses seis meses, houve "transformações revolucionárias" e que "hoje a Bolívia se respeita". Morales também disse que, em 6 de agosto, na abertura da Assembléia Constituinte em Sucre, participará de um jogo de futebol com os presidentes de Brasil e Venezuela no estádio daquela cidade. - O companheiro Lula e o amigo Hugo Chávez jogarão no meu time - disse Morales

Mais Sobre Mundo - Internacional

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram