Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Educação

Sebrae e Sesi levam educação empreendedora a alunos do ensino médio de Vilhena

Conteúdos on line começaram a ser ministrados esta semana


Sebrae e Sesi levam educação empreendedora a alunos do ensino médio de Vilhena - Gente de Opinião

Neste tempo de pandemia o Sebrae em Rondônia mantém sua missão de continuar espalhando conhecimento empreendedor e preparando a nova geração para os desafios inerentes da sociedade. Através do projeto Empreendedor do Futuro, capacitando professores e alunos de escolas públicas ou privadas nos vários níveis, dentro de uma metodologia que provoque mudanças na comunidade escolar. Este ano, o projeto, que será totalmente on line, conta novamente com a parceria com o Serviço Social da Indústria de Rondônia (Sesi/RO) e as escolas públicas Marechal Rondon, ambos de Vilhena e o Colégio Militar de Jaci Paraná. Em Vilhena, a parceira foi celebrada através da coordenação da Educação Empreendedora do município de Vilhena.


O projeto contempla diversas fases e vai contar com as seguintes oficinas: Mundo do Empreendedorismo; Laboratório de Ideias; Plano de Vida! Você tem um?; Relações Humanas – Por que isto é importante?; Empreendedorismo Digital e Profissões do Futuro e Comunicação e Marketing, cada uma com 4h de duração. A capacitação é toda feita através webinar (palestras e oficinas on line) com colaboradores do Sebrae Nacional. Todos os conteúdos são apropriados para que os alunos internalizem conceitos e despertem suas habilidades e capacidades empreendedoras.


“Estamos contando com a nossa rede de relacionamento, fazendo networking, capacitando professores por meio de webinars, mostrando a importância da educação empreendedora para preparar estes jovens para a vida”, afirma Rita de Cássia Costa, analista técnica  e gestora da Educação Empreendedora do Sebrae em Rondônia.


A parceria Sebrae/Sesi existe desde 2015, quando o Sesi foi a primeira escola privada a aderir à iniciativa, iniciando em Vilhena, com a aplicação do JEPP e nos anos posteriores com as metodologias Crescendo e Empreendendo e Despertar para estudantes do Ensino Médio e Profissionalizante do Senai.


Este ano, o projeto visa atender 5 mil professores e 3.300 estudantes. O investimento para a execução é de R$ 565.000,00 (quinhentos e sessenta e cinco mil reais), todo investimento do Sebrae (não há custos para as escolas). As oficinas começaram nessa quinta-feira (23) com as escolas do Sesi e continuam em seguida na escola estadual e, posteriormente a escola de Jaci Paraná.


Importante mencionar a sensibilidade dos parceiros em entender que, por meio do empreendedorismo, também será possível alcançarmos uma educação com mais qualidade e, consequentemente, construirmos cidadãos mais preparados para contribuir uma sociedade mais justa e cidadã.

Sebrae e Sesi levam educação empreendedora a alunos do ensino médio de Vilhena - Gente de Opinião

Mais Sobre Educação

Nota do Enem é uma "coringa" para estudantes que sonham cursar em universidade

Nota do Enem é uma "coringa" para estudantes que sonham cursar em universidade

Faltam exatamente dois meses para a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Considerado um "coringa" para estudantes que desejam ocuparuma

Colégios SESI SENAI de Rondônia utilizam Minecraft como ferramenta de ensino

Colégios SESI SENAI de Rondônia utilizam Minecraft como ferramenta de ensino

Um dos jogos eletrônicos mais populares do mundo, o Minecraft também está sendo utilizado pelos colégios SESI SENAI de Rondônia como ferramenta de e

Colégios SESI de Rondônia utilizam metodologia Espaço Maker

Colégios SESI de Rondônia utilizam metodologia Espaço Maker

A Rede SESI de Educação está com matrículas abertas e oferta várias ferramentas e realiza atividades focadas na melhoria do ensino/aprendizado. Por ex

Relatório da Seduc aponta que mais de 80% dos participantes de audiência pública não concordam com as aulas presenciais

Relatório da Seduc aponta que mais de 80% dos participantes de audiência pública não concordam com as aulas presenciais

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou o relatório com os resultados da Audiência Pública Virtual, realizada no dia 27 de outubro, sobre