Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Educação

Ensino Médio de Rondônia atinge o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica na região Norte


Estado obteve nota 4.3, faltando pouco para atingir a meta de 4.8 proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira - Foto Daiane Mendonça - Gente de Opinião
Estado obteve nota 4.3, faltando pouco para atingir a meta de 4.8 proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira - Foto Daiane Mendonça

O Estado de Rondônia lidera com o melhor resultado entre todos da região Norte em qualidade de educação, o destaque é baseado nas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgadas nesta terça-feira (15) pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo com os níveis de aprendizagem demostrados pelos estudantes do Estado de Rondônia nos componentes de Língua Portuguesa e Matemática do 3º ano do Ensino Médio, e na taxa de aprovação nos demais anos escolares, os resultados apontam que desde que o Ideb foi criado em 2005, o Ensino Médio de Rondônia teve o melhor desempenho de todas as edições anteriores, evoluindo em 2019 no rendimento escolar e no desempenho da etapa após anos em estabilidade.

Na edição de 2017, o Estado possuía um Ideb de 4.0 no Ensino Médio, ficando em quinto lugar no cenário brasileiro. Nesta edição de 2019, o Estado obteve nota 4.3, faltando pouco para atingir a meta de 4.8 proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Com essa pontuação, Rondônia fica em primeiro lugar na região Norte, com 4.3 pontos, seguido do Estado do Tocantins com 4.0, e o terceiro lugar com o Acre e Roraima, com 3.9 e em 6º lugar entre todos os estados brasileiros.

O Ensino Fundamental nos anos iniciais (1º ao 5º ano), que durante todo o ciclo histórico da avaliação externa, Rondônia manteve-se nas metas projetadas, nesta edição que a meta era 5.6 o Estado mantém atingindo a média de 5.6. Já nos anos finais (6º ao 9º ano), o Estado alcançou a média de 4.9 pontos, chegando próximo da meta que era de 5.1.

Para o Inep, estes resultados são importantes para ampliar as possibilidades de mobilização da sociedade e do Poder Público em favor da educação, indicando a necessidade de melhorias no sistema, difundindo e valorizando a cultura do aprendizado. Os índices são comparáveis nacionalmente expressando dois importantes valores no processo educacional: a proficiência dos estudantes e a taxa de aprovação com melhorias no fluxo escolar.

Mais Sobre Educação

Rede de ensino SESI abre período de matrículas para 2021

Rede de ensino SESI abre período de matrículas para 2021

A rede de colégios SESI está sempre na vanguarda quando se trata de educação. De forma pioneira, introduziu desde 2006, a Robótica aos seus alunos d

Porto Velho - Curso de Licenciatura em Pedagogia

Porto Velho - Curso de Licenciatura em Pedagogia

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria de Educação/Semed, mantenedora do Polo Universidade Aberta do Brasil - UAB, localizado na rua Jos