Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Cultura

Prazo para renovar o Fies termina em setembro


Agência O Globo RIO - Os estudantes de graduação, beneficiários do Financiamento Estudantil (Fies), têm até 22 de setembro para renovar os contratos relativos ao segundo semestre deste ano. A renovação é semestral e obrigatória para alunos que desejam continuar recebendo financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF). O tipo de renovação depende do contrato de cada aluno. Caso seja simplificado e não tenha ocorrido nenhuma modificação no documento, o estudante deverá comparecer à instituição para renová-lo. Se houve mudanças, ele deverá obter na instituição o documento regularidade de matrícula e ir à CEF com seus fiadores e, se casado, com o cônjuge. São consideradas mudanças no contrato: alteração do CPF ou do estado civil do estudante ou de seus fiadores; troca de fiador; redução do percentual do prazo de financiamento; modificação no valor do limite do crédito global; restrição cadastral do aluno, do cônjuge ou dos fiadores; parcela trimestral de juros em atraso; e alteração no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da mantenedora da instituição de ensino. Para ingressar e se manter no Fies, o aluno deve estar matriculado em instituição de ensino superior privada, cadastrada no programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. Desde sua criação em 1999, o Fies atendeu 388 mil alunos com investimento acumulado de R$ 3,6 bilhões. A partir de 2005, o empréstimo passou a ser de 50% da mensalidade e o número de financiamentos subiu de 50 mil a 60 mil para 100 mil ao ano. Durante a graduação, o aluno paga à instituição a parcela da mensalidade não coberta pelo Fies e a cada três meses quita uma parcela dos juros no valor de R$ 50,00. A parcela trimestral dos juros vai sendo abatida do saldo devedor. A taxa de juros é fixa em 9% ao ano. A quitação do empréstimo tem duas etapas. Na primeira fase - os 12 primeiros meses após a formatura - o aluno continua pagando prestação igual à última parcela (30% ou 50% da mensalidade, segundo o contrato de cada um). Na segunda fase, a CEF divide o saldo do empréstimo em prestações iguais pelo prazo de uma vez e meia o período de utilização. Se o curso teve duração de quatro anos, o aluno pagará prestações por sete anos (12 meses da primeira fase e mais seis anos da segunda fase). Mais nformações podem ser obtida no site do MEC, http://portal.mec.gov.br/, pela central de atendimento gratuita (0800-616161) ou pelo Disque - Caixa ((0800-5740101).

Mais Sobre Cultura

Rede Sem Fronteiras apresenta autores lusófonos na 92ª Feira do Livro de Lisboa - Portugal

Rede Sem Fronteiras apresenta autores lusófonos na 92ª Feira do Livro de Lisboa - Portugal

De 25 de agosto a 11 de setembro, o Parque Eduardo VII, em Lisboa, Portugal, voltará a receber este que é o maior evento dedicado a promover a liter

Fórum aprova documento que propõe melhorias na cultura em Vilhena

Fórum aprova documento que propõe melhorias na cultura em Vilhena

Com o objetivo de dialogar sobre a cultura no município de Vilhena, foi realizado nesta terça-feira, 9, o I Fórum de Cultura de Vilhena no Auditório

Inscrições abertas para Oficina de técnicas literárias voltadas para letras de canções

Inscrições abertas para Oficina de técnicas literárias voltadas para letras de canções

Estão abertas até o dia 12 de agosto as inscrições para a Oficina “Poemas-Canção” - ação formativa realizada pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE,

Revista cultural Biribá é lançada para valorizar moda e a arte rondoniense

Revista cultural Biribá é lançada para valorizar moda e a arte rondoniense

Marcela Kopanakis é a idealizadora da revista Biribá. Uma revista físico-digital sobre moda, cultura e comportamento que será veiculada no estado de