Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Mãe cabocla, mãe brigadeira


Mãe cabocla, mãe brigadeira - Gente de Opinião

Minha mãe era cabocla, era beiradeira,

Não estudou, não teve tempo nem oportunidade para isso.

Mas foi perfeita!

Foi disparada a melhor mãe do mundo, selecionada entre todas as 

mulheres normais da terra.

Minha mãe foi perfeita!

Criou nove filhos divididos entre quatro mulheres e cinco homens.

Nos criou embaixo de uma educação rígida, leal e moral.

Eu sempre tive muito cuidado para não quebrar os preceitos.

Fui criado sobre regras, menina lavava vasilha e menino enchia água

nos baldes de cuia, única propriedade que tínhamos. 

Ninguém questionava, nem qualificava os gêneros.

Minha mãe era quem governava nosso palácio coberto de palha e 

assoalhado de paxiúba, 

Dormíamos em rede e mosquiteiro, e tínhamos que ter cuidado e 

abanar bem antes adentra-lo para os carapanãs lamentarem pelo 

lado de fora, ainda lembro daquele barulho, que hoje entendo ser 

lamento de carapanã.

Lembro de um dia que mijei na rede e mamãe me esfregou na cara, 

nunca mais repeti o ato.

Minha mãe foi perfeita!

Lembro-me de seus vestidos com mangas inconfundíveis... de seu 

coque em seus cabelos que o tempo se encarregou de prateá-los

Minha mãe era perfeita!

E tudo me transformou em saudade;

Saudade principalmente as coisa mais simples;

Ninguém nessa terra foi mais especialista da culinária,

Tenho até pena do chefs que são considerados os melhores do 

mundo;

A canja de galinha caipira era imbatível,

A caldeirada de peixe maravilhosa!

O ensopado de carne inigualável, até o ovo frito tinha outro gosto...

Minha mãe foi perfeita!

Por muito tempo foi mãe e pai,

Era mais forte, tal qual e mais duro dos metais da terra,

Era pura e meiga, tal qual a rosa orvalho ao amanhecer,

Poucas vezes a vi perder a calma e falar alto, mas nem por sonho a 

quisesse vê-la perder. 

Minha mãe era perfeita!

Hoje lá no céu goza de seu eterno descanso ao lado de Nossa Senhora, e reconhece que só foi menor como mulher aqui na terra, de que Ela a Mãe  de Deus.

Mais Sobre Cultura

Sarau Online: inscrições continuam abertas  para artistas e estudantes

Sarau Online: inscrições continuam abertas para artistas e estudantes

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação por meio da equipe da Biblioteca Viveiro das Letras vai promover o Sarau On

Lenha na Fogueira e as mortes de Gabriel Lorenzo e do pioneiro Emanuel Pontes Pinto

Lenha na Fogueira e as mortes de Gabriel Lorenzo e do pioneiro Emanuel Pontes Pinto

Lenha na Fogueira A vida tem dessas coincidências e surpresas surpreendentes. Não é a primeira vez que o fenômeno acontece.*********Estou tentando diz

Itaú Cultural abre nova convocatória a_ponte, com foco na potência  do fazer virtual e a ampliação de intercâmbios na formação teatral

Itaú Cultural abre nova convocatória a_ponte, com foco na potência do fazer virtual e a ampliação de intercâmbios na formação teatral

No dia 21 de setembro (segunda-feira), o Itaú Cultural abre as inscrições para a terceira convocatória de a_ponte: cena do teatro universitário, ago

Amazônia das Palavras recebe José Roberto Torero

Amazônia das Palavras recebe José Roberto Torero

O bate papo do Amazônia das Palavras na próxima sexta-feira, 28 de agosto, será com o escritor José Roberto Torero, que na primeira edição do projet