Porto Velho (RO) quinta-feira, 6 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Feijoada com Samba e Café Nordestino neste final de semana no Mercado Cultural


Feijoada com Samba e Café Nordestino neste final de semana no Mercado Cultural - Gente de Opinião

Após uma temporada fechado devido à pandemia, um dos pontos histórico, cultural e turístico da capital rondoniense, o Mercado Cultural, retorna amanhã, dia 01, com as suas atividades gastronômicas,  com uma das combinações brasileiras para curtir aos sábados, a Feijoada com Samba. Na sequência, no domingo, dia 02, tem o Café Nordestino, a priori, ambos com som mecânico sob o comando do músico Beto Cézar e apoio cultural da cerveja Devassa.

Em preparação para esta retomada, a equipe da Funcultural já realizou a limpeza e higienização do espaço público. A retomada das atividades neste momento, segundo Ocampo, é porque o ambiente está focado na gastronomia, ou seja, incluído no rol de atividades essenciais. “Não há nada que impeça a reabertura por este motivo. Shows ao vivo e grandes eventos não vão ocorrer, neste momento”, disse.

De acordo com Sinézio Tapajós, permissionário da choperia o Canto do Boto, a sua equipe já está adequada com as exigências sanitárias. "Uma das novidades do local será a comercialização de açaí, tapiocas recheadas e sucos especiais e detox nós fins de tarde", acrescentou Sinezio.

Já o permissionário Henry Vasquez, do  Dourado do Madeira, disse que sua cozinha vai funcionar de segunda a segunda, com venda de café da manhã, almoço e janta. "Detalhe: tudo com preço acessíveis.", enfatizou.

O Mercado Cultural foi reaberto no dia 24 de janeiro, na festa dos 105 anos de instalação da capital de Rondônia, com shows da cantora Iná, o percussionista Carlos Piau e o cantor Caribé, entre outras atrações. Em março suspendeu suas atividades para fins de prevenção e de enfrentamento da pandemia causada pelo novo coranavírus - COVID-19.


Certificado de vistoria

Na manhã da última quinta-feira (30), o Mercado Cultural de Porto Velho recebeu do Corpo de Bombeiros do Estado de Rondônia (CBM-RO) a certificação de vistoria que valida o sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico do prédio histórico. 

As adequações se referem à sinalização, rede elétrica, segurança de escadas (corrimões), acessibilidade, sistema de gás (cozinha) e do reforço do telhado, tudo previsto na Lei 3924/2016.

O trabalho desenvolvido pela Funcultural logrou a certificação com o apoio de uma equipe técnica empenhada no processo de adequações de toda a arquitetura do Mercado Cultural, o que é exigido na lei. Ocampo reconheceu a dedicação dos autores do projeto, Tainara Melo Sobral (arquiteta) e Tiago Dambrós Costa Beber (engenheiro civil), e também o apoio dos permissionários do restaurante e choperia que funciona no Mercado.

Galeria de Imagens

Mais Sobre Cultura

Grupo de teatro oferece cursos online para artistas e demais moradores de Porto Velho

Grupo de teatro oferece cursos online para artistas e demais moradores de Porto Velho

Artistas e demais moradores de Porto Velho já podem se inscrever nos cursos de teatro online do grupo NEELIC. A cartela de cursos inclui opções para d

Prefeito Hildon Chaves regulamenta Fundo Municipal de Cultura

Prefeito Hildon Chaves regulamenta Fundo Municipal de Cultura

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, por meio do decreto 16.812, do dia 24, regulamentou o Fundo Municipal de Cultura (FMC), demonstrando mais um

Festival Folclórico de Parintins abre nova temporada de lives do projeto “Casa em cena”

Festival Folclórico de Parintins abre nova temporada de lives do projeto “Casa em cena”

O projeto “Casa Em Cena” inicia hoje, 08 de julho, às 20h30, uma nova temporada de lives. O tema de abertura será os grandes festivais folclóricos d

Fundamentos de Dancehall e novos professores de ilustração agitam  a programação online do Itaú Cultural para crianças nessa semana

Fundamentos de Dancehall e novos professores de ilustração agitam a programação online do Itaú Cultural para crianças nessa semana

O Itaú Cultural segue oferecendo programação para as crianças e suas famílias, ainda em recolhimento e sem aulas presenciais. Expandindo o leque de