Porto Velho (RO) domingo, 24 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

Sim, Porto Velho tem peteca!


Sim, Porto Velho tem peteca! - Gente de Opinião

De uns tempos para cá, tudo é eletrônico, muitas vezes sem graça. Competições que marcaram a infância de sessentões agora caminham para o baú de brincadeiras não mais praticadas: peteca, amarelinha, pião e bolinhas de gude, especialmente.

Originária de Minas Gerais, a peteca era praticada entre indígenas que utilizavam tocos de madeira e palha amarrados em penas de aves. Eles arremessavam o artefato entre si como forma de diversão.

Há coisas que ficaram lá na infância, sepultadas definitivamente da modernidade avassaladora em termos de diversões.

Por esse motivo, alegro-me ao ler edital assinado por Lucas Pereira Ramos, publicado na página a9 do Diário da Amazônia desta quinta-feira, no qual a Federação de Peteca do Estado de Rondônia convoca atletas e clubes associados para assembleia extraordinária eletiva no dia 31 de janeiro, às 20h, no Colégio Padre Mário Castagna.

Sabendo que o Areal é palco de uma dos maiores campos de areia da cidade, no qual competidores empinam pipas em diferentes períodos do ano, passo a conhecer o bairro, também, por conservar uma brincadeira tão antiga no País.

A Wikipedia ensina: a peteca é posta em jogo através de um saque, no qual o jogador a golpeia com a mão para que passe por cima da rede. A peteca deve ser jogada para a outra metade da quadra com um único toque, sem que tenha tocado o chão.

Utiliza-se o sistema de vantagens para contagem de pontos. Outro detalhe importante é que após o saque, o ponto deverá ser finalizado em 24 segundos, ou senão a vantagem será revertida.

Regras básicas: s duração de um jogo é variável: cada set dura 16 minutos cronometrados de peteca em jogo, entretanto, caso uma equipe consiga conquistar 25 pontos antes desse tempo, é declarado o fim do set.

As partidas de peteca são, em geral, disputadas em melhor de três sets. Sendo assim, se uma equipe ganhar os dois primeiros é considerada a vencedora da partida. A forma de início do jogo é semelhante à do vôlei. Alô, alô, Lúcio Albuquerque.

ERÁRIO

Alguns auditores, outros executivos e parlamentares precisam zelar pela fala e pela escrita: erário público é redundância; todo erário é público. Basta escrever: erário.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

Está em curso em Rondônia e no País a criminalização não só da luta pela terra, do movimento camponês, mas também de advogados que atuam na defesa d

Sonho do estado vem dos anos 1960

Sonho do estado vem dos anos 1960

O fluxo migratório quase incontrolável rumo à Amazônia Brasileira acelerou a instalação do Estado de Rondônia. Quatro décadas depois da chamada Marcha

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo) promoverá terça-feira, 22, às 15h, ato de solidariedade a camponeses e indígenas de Rondônia

Colonialismo rides again. A cor do dólar.

Colonialismo rides again. A cor do dólar.

O BNDES vai realizar, entre os dias 19 e 23, a Semana BNDES Verde, com debates diários transmitidos pela internet. A abertura será feita, evidentement