Porto Velho (RO) segunda-feira, 8 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

Árvore agredida na Copa do Mundo sobrevive na ressaca da Avenida Calama


Árvore agredida na Copa do Mundo sobrevive na ressaca da Avenida Calama - Gente de Opinião
 MONTEZUMA CRUZ

Os galhos da única árvore da Avenida Calama desenvolviam-se, quando foram grosseira e inexplicavelmente arrancados. Na primeira semana de junho, sob o Sol do verão amazônico, torcedores dos arredores do bairro Quatro de Janeiro pintaram o fino tronco de verde-amarelo.

“Rumo ao hexa”, eles combinaram as listas com as bandeirinhas esticadas de um lado a outro da rua.

Nesta segunda-feira de cinzas do futebol, lá estava a coitada da árvore, debilitada, porém, dando sinais de recuperação.

Três galhinhos se enchem novamente de folhas. Vamos torcer para que a seiva circule nos meses secos de julho e agosto, e ela possa sobreviver.

Fogos na Avenida Calama, bares cheios, TV no último volume. A Copa do Mundo começaria empolgante, cheia de surpresas, nela desfilando craques pagos a peso de ouro e os quase ocultos árbitros de vídeo, em seus 15 minutos de glória.

Quem sabe, a falastrice do célebre locutor baba-ovo tenha sido a última, pois ninguém mais suporta seus excessivos arroubos.

Estáticos, insensíveis até então, alguns comerciantes do bairro Quatro de Janeiro têm agora a oportunidade de se redimir e regar a árvore agredida, provando para si próprios que sua ligação com a natureza nada tem a ver com o balcão e o tilintar do caixa.

Nesse mesmo trecho da avenida já se desperdiçou muita água na lavagem de automóveis, agora eles poderão se revezar a cada dia, zelando por ela.

Porto Velho um dia teve algumas avenidas arborizadas. Hoje, se curva diante da crueldade e da estupidez humana que tantas vítimas tem feito também na floresta que nos rodeia.
Senhoras e senhores, jovens autores da tosca pintura, despintem. Espantem a vergonha.
Árvore agredida na Copa do Mundo sobrevive na ressaca da Avenida Calama - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

General Mourão anuncia a volta do ICMBio e do Ibama no combate ao desmatamento na Amazônia

General Mourão anuncia a volta do ICMBio e do Ibama no combate ao desmatamento na Amazônia

O combate ao desmatamento na Amazônia voltará a contar com a participação direta do Ibama e do ICMBio, até então alijados do seu papel constitucional.

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

Está em curso em Rondônia e no País a criminalização não só da luta pela terra, do movimento camponês, mas também de advogados que atuam na defesa d

Sonho do estado vem dos anos 1960

Sonho do estado vem dos anos 1960

O fluxo migratório quase incontrolável rumo à Amazônia Brasileira acelerou a instalação do Estado de Rondônia. Quatro décadas depois da chamada Marcha

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo) promoverá terça-feira, 22, às 15h, ato de solidariedade a camponeses e indígenas de Rondônia