Porto Velho (RO) domingo, 24 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

A cara da tragédia – Pai e filho apostam no tumulto e na provocação aos quartéis


A cara da tragédia – Pai e filho apostam no tumulto e na provocação aos quartéis - Gente de Opinião

Jair Bolsonaro reagiu como pai e não como presidente da república à afirmativa do caçula de 35 anos, o deputado federal Eduardo, que ameaçou a radicalização da esquerda, na avaliação dele, com um novo AI-5. 

Disse que o filho está sonhando. Não sonha, não: está delirando num pesadelo.

Argumentou que o AI-5 surgiu (no final de 1968) sob uma constituição completamente diferente do atual. É verdade. Mesmo a constituição talhada pelos militares em 1967, depois do golpe, era muito melhor do que a carta desnaturada pela emenda de 1969, que refletiu o criador, o monstrengo Ato Institucional de sexta-feira, dia 13 (de dezembro), data aziaga.

Se o presidente foi sincero na sua avaliação, ou precisa impor o solilóquio aos três filhos políticos ou se trata de um coro de três vozes, afinadas pelo regente, que lhes submete variações em torno do mesmo tema. Cada um canta de um jeito, mas começam com a mesma partitura e terminam de volta a ela. É a aposta no tumulto, na provocação aos quarteis, numa solução de força.

Nada sugere que haverá o gran finale que planejam.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

“Não há reforma agrária, terras são regularizadas a grileiros”, denuncia Procurador

Está em curso em Rondônia e no País a criminalização não só da luta pela terra, do movimento camponês, mas também de advogados que atuam na defesa d

Sonho do estado vem dos anos 1960

Sonho do estado vem dos anos 1960

O fluxo migratório quase incontrolável rumo à Amazônia Brasileira acelerou a instalação do Estado de Rondônia. Quatro décadas depois da chamada Marcha

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

Terça-feira tem ato de solidariedade contra a criminalização da luta pela terra

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo) promoverá terça-feira, 22, às 15h, ato de solidariedade a camponeses e indígenas de Rondônia

Colonialismo rides again. A cor do dólar.

Colonialismo rides again. A cor do dólar.

O BNDES vai realizar, entre os dias 19 e 23, a Semana BNDES Verde, com debates diários transmitidos pela internet. A abertura será feita, evidentement