Porto Velho (RO) quinta-feira, 29 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

História de Gente de Opinião

Ângelo Angelim na sombra do Teixeirão


Ângelo Angelim na sombra do Teixeirão - Gente de Opinião

No dia 17 de maio em uma tumultuada transmissão de cargo, por causa da baderna criada por Raquel Cândido e seu companheiro Magno Guimarães, o Cel. Jorge Teixeira de Oliveira, após permanecer 6 anos, 1 mês e 7 dias, à frente do Governo de Rondônia, transmitiu o Cargo ao Deputado Estadual do PMDB, Ângelo Angelim, primeiro

Governador civil e político a assumir o Governo do Estado. 

Desde o início do seu governo, Ângelo Angelim, teve que engolir uma dura e complicada disputa entre os Caciques do PMDB E PDS, por Secretarias e outros importantes cargos. Os pmdebistas queriam os principais e estratégicos cargos e os pedessistas também queriam os mesmos cargos. E o Salseiro de formou e muitas intrigas e acusações de ambos os lados surgiu.

O porque deste imbróglio todo? Quando foram pedir a cabeça do Teixeirão ao Presidente Sarney, foi praticamente toda a bancada federal junta (exceção dos Senadores Odacir Soares e Galvão Modesto) e naquele momento ficou acertado entre eles que os Cargos seriam divididos  igualitariamente. Só que esqueceram de avisar O Governador Ângelo Angeli que já tinha dito anteriormente que o seu Secretariado seria de sua escolha e responsabilidade. Os Caciques de ambos os lados não gostaram e começaram a pressionar o Governador que ficou acuado e teve que ceder aos pedidos e exigências dos políticos em questão.

O professor Ângelo Angelim era um homem educado, refinado e começou sua vida política como vereador em Vilhena onde tinha sua base eleitoral e muito querido por lá. Sempre foi muito discreto, de fala mansa e muito ponderado em suas ações políticas.

Ficou com a difícil missão de governar Rondônia pós Teixeirão e administrar a complicada aliança formada, um autêntico balaio de gatos e cachorros juntos.

Ao iniciar suas visitas ao Interior do Estado, teve que enfrentar situações inusitadas, como ver prefeitos ainda com o Teixeirão na cabeça, em seus desafinados discursos, começarem assim: “ Excelentíssimo senhor governador Jorge Teixeira” e depois avisado por assessores, meio sem jeito se desculpavam. Aconteceu diversas vezes em vários Municípios.

E teve que passar praticamente todo o seu mandato tampão inaugurando obras iniciadas pelo governo anterior e isto o incomodava muito.

Em um certo dia, sábado, ‘’ fui tomar café na casa do

Governador Ângelo Angelim, que morava na avenida Calama, sub-esquina com Rio Madeira e o encontrei sentado na varanda com as mãos na cabeça, me ofereceu café e acompanhamentos e me disse: - É MUITO DIFÍCIL GOVERNAR RONDÔNIA ATUALMENTE, PRESSÃO DE TODOS OS LADOS. NA FRENTE  JERÔNIMO SANTANA, E OS 

MEMBROS DO PMB, DO OUTRO LADO O PESSOAL DO 

PDS, ALÉM DO NEFASTO MARIO CALIXTO E O CANALHA DO OLAVO PIRES. ACHO QUE VOU PEDIR A MINHA RENÚNCIA”. R. Machado.

Foi convencido a ficar e prá alivio dele e familia, entregou a faixa de Governador a Jeronimo Santana em 15 de março de 1987 e voltou para sua querida Vilhena. 

Ângelo Angelim na sombra do Teixeirão - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre História de Gente de Opinião

Live da Escola do Legislativo debate História de Porto Velho

Live da Escola do Legislativo debate História de Porto Velho

Um pouco da história de Porto Velho será discutido na Live desta segunda-feira (28) promovida pela Escola do Legislativo (EL), da Assembleia Legislati

COLOSSO NA SELVA - DREAMS - Sonhos às desilusões e a Mentira Nacional

COLOSSO NA SELVA - DREAMS - Sonhos às desilusões e a Mentira Nacional

NA SEMANA DA PÁTRIA, SETEMBRO DE 2020, FAZ-SE UMA REFLEXÃO COM O APOIO DE “ UM OLHAR ESTRANGEIRO” FEITO POR INGLESES, NORTE AMERICANOS DINAMARQUESE

Desejo louco de destruir num tempo de ódio a cultura e a ciência

Desejo louco de destruir num tempo de ódio a cultura e a ciência

A ferrovia a vapor mais famosa do planeta                                           “De que adianta a Lei, num tempo de ódio a cultura e a c

Teixeirão “persona non grata”  no Amazonas

Teixeirão “persona non grata” no Amazonas

Em meados de janeiro de 1983, o governador Jorge Teixeira, juntamente com vários ministros foram convocados pelo presidente Figueiredo para uma reun